Durante o inverno a umidade do ar fica menor e as temperaturas mais baixas levam à diminuição da transpiração corporal. Esses fatores fazem com que a pele fique mais seca. Por outro lado, aqueles que possuem a pele do rosto oleosa podem apresentar um aumento dessa oleosidade e, até mesmo, uma piora da dermatite seborreica.

Seguem abaixo as orientações diárias que podem fazer a diferença durante o inverno:

  • Beba no mínimo 2 litros de água.  Se você não é muito fã de água, durante esta estação, uma dica é tomar chás claros ou de frutas;
  • Não tome banhos muito quentes e demorados, eles retiram a oleosidade natural da pele;
  • Evite se ensaboar demais e usar buchas, que também contribuem para alterar a composição do manto hidrolipídico (hidratante natural produzido pelo organismo) que protege a pele;
  • Prefira sabonetes suaves, “hidratantes”;
  • Se tomar 2 banhos por dia, ensaboe o corpo todo em apenas 1 deles.  No outro, só ensaboe as áreas de dobra de pele (axilas, regiões inguinais e nádegas);
  • Use o hidratante logo após o banho – ainda no banheiro e com a pele úmida. Consulte um dermatologista para saber qual hidratante é recomendado para sua pele;
  • Se sua pele for oleosa, e acneica, evite hidratantes comuns no rosto e evite lavar a face com água quente, pois isso estimula a produção de mais oleosidade;
  • Os lábios também costumam ressecar muito no inverno. É importante usar hidratantes labiais para evitar rachaduras;
  • Use filtro solar diariamente.

É comum nessa época do ano a piora de doenças da pele como dermatite seborreica, dermatite atópica, psoríase, entre outras. Nesses casos, consulte sempre um dermatologista.