Você sabia que não devemos dispensar a proteção solar no inverno?

Uma das dicas que já demos aqui no blog sobre cuidados com a pele no inverno é de manter o uso de filtro solar mesmo nos dias mais frios. Mas por quê?

 

Nos dias mais frios o sol ainda é prejudicial à pele se você não se proteger adequadamente. Mesmo escondido, ele continua no céu e seus raios UVA e UVB têm grande incidência. Portanto, é indispensável usar protetor solar em dias nublados e até chuvosos.

 

Quais os efeitos da radiação solar na pele?

A radiação solar é responsável por muitos sinais na pele como flacidez, envelhecimento precoce e manchas, além de piorar os melasmas.  Há também problemas graves que os raios UV podem causar, como queimaduras, lesões e câncer da pele. Portanto, não esqueça de proteger não só o rosto, como o corpo e locais específicos e de contato constante com o sol, como mãos, colo e braços.

 

Como deve ser usado o protetor solar?

Usar o protetor solar todos os dias é fundamental, pois previne todos esses sinais de aparecerem ou lesões causadas pelo sol. Ele cria uma barreira, evitando que os raios UVA e UVB penetrem na pele e provoquem esse tipo de reação.

É importante passar o protetor solar sempre e retocá-lo de 3 em 3 horas, de acordo com as diretrizes de fotoproteção da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

 

Mas não seria suficiente usar filtro solar apenas no Verão?

Não! Pois os raios UV possuem efeito cumulativo na pele, aumentando o fotoenvelhecimento e o desenvolvimento de câncer da pele, por exemplo.

Devemos manter o uso de FPS no mínimo de 30!

 

Dúvidas? Converse com seu dermatologista!