Por ser de fundamental importância para o desenvolvimento motor e psicológico de cada indivíduo, visar uma melhor qualidade de vida para seus praticantes, prevenir doenças crônico-degenerativas e auxiliando no combate ao sedentarismo, há algum tempo a atividade física vem ocupando o seu luar na sociedade. Para os deficientes físicos, essas atividades são essenciais, pois além de ajudar na sua mobilidade também facilita a interação deles com os demais praticantes de atividade física.

Diante das dificuldades encontradas pelos deficientes na prática de exercícios físicos, faz-se necessário criar e adaptar suas atividades, principalmente nas escolas. É indicado o auxílio do profissional de educação física, para que as pessoas com deficiência sintam o mesmo prazer que as pessoas ditas normais ao realizar uma atividade física, fazendo assim a verdadeira inclusão desses indivíduos na sociedade.