Saudades

Faz falta alguém que sinta saudades de verdade, saudades “fakes” são tão comuns ultimamente. E essa palavra que possui oito letras para mim é tão intensa e verdadeira. Saudade é um sentimento estranho, que às vezes nos faz sorrir, outras nos faz chorar. Existem músicas, lugares, cheiros, roupas que nos fazem sentir saudades e nada nesse momento de introspecção total minimiza nossas lembranças. Saudades de quem fala o que sente sem constranger o coração nem alma de alguém. Saudades de quem consegue tocar o coração com simples palavras e atitudes. Saudades de quem sente saudades sem precisar esperar amanhecer. Mas não dá para viver só do passado e no passado. Temos que seguir em frente. Ter novas lembranças, sensações, companhias, ir a novos lugares. Em certos momentos temos que sufocá-la, parar de alimentá-la, pois nem sempre nos faz bem. Sentir saudades é normal. O que não podemos é deixar que ela penetre dentro das nossas entranhas e passemos a viver de saudades. Para isso não acontecer, o melhor a fazer é abrir a janela do nosso coração e olhar para nosso presente com sabedoria, e criar um futuro com alegria e esperança buscando novas lembranças que aquecerão nossos dias e daqui algum tempo irão tornar-se saudades. Permita-se sentir saudades, porém não deixe com que ela faça parte do seu cotidiano. Saudades… Só isso e mais nada!

By |2018-11-27T13:35:17+00:00novembro 27th, 2018|Categories: Reflexões|Tags: |0 Comments

About the Author:

Fernanda Pinto
É portadora de uma doença degenerativa que a impede de controlar seus movimentos, mas desde pequena aprendeu a ir atrás dos seus sonhos. Apesar de ficar sem caminhar durante alguns meses e ter que passar por sete cirurgias, onde se sentiu um pouco melhor, enxergou na escrita uma forma de expressar seus pensamentos, sentimentos e sobre como a doença afetava a si e sua família.