Mais amor, por favor!

By |2019-06-25T10:25:01-03:00junho 26th, 2019|Categories: Reflexões|Tags: , , , , , , |

O amor é como uma dádiva divina. Sinônimo de confiança, respeito, atenção, carinho e solidariedade. Creio eu que só se ama uma vez na vida e quando esse amor chegar, ficará pra sempre. Por mais que o tempo passe, nunca deixará de existir, por mais que estejamos longe ou não vejamos a pessoa amada com tanta frequência; se é amor verdadeiro não existe nada que apague. Sempre existirá amor pra recomeçar, mesmo que dificuldades apareçam, brigas existirem, falta de dinheiro, o amor ainda será mútuo. A cumplicidade, está nunca deixará de existir.

Só ama de verdade quem tem coração livre e liberto, quem não guarda mágoa nem rancor, onde todos os sentimentos sentidos chamam-se amor. No coração de quem não tem espaço para sentidos reversos, para mesquinharias, ou sentimentos vazios. Também existe muito amor no coração de quem ajuda o próximo, não somente com doações em dinheiro. Mas aqueles que também emprestam seus ouvidos, seu ombro, para as pessoas desabafarem e chorarem, está entrega ao nosso semelhante também é uma forma de amor.

Cada pessoa tem seu jeito de amar, tem pessoas que não conseguem demonstrar o quanto nos amam e são nos pequenos cuidados, nas pequenas coisas que demonstram seu sentimento. E com isso aprendemos a “escutar” e interpretar nos pequenos detalhes estas três palavrinhas que gostamos tanto de ouvir “eu te amo” nas entrelinhas destas expressões “cuide-se, vá com cuidado, quando chegar me liga …”

Falando em amor ele também existe no nosso cotidiano e está por toda a parte. Como

Para sempre na memória

By |2019-05-14T16:39:25-03:00maio 15th, 2019|Categories: Reflexões|Tags: , , , , , , , , , |

Sempre que eu lembro do meu primeiro médico que já faleceu, vem esses pensamentos na minha mente: quem assistirá minhas próximas cirurgias? Quem escreverá o prefácio do meu próximo livro? Quem dirá para mim o quanto sou forte enquanto agulha os meus olhos colocando remédio para que eles se mantenham mais abertos?

Quem irá se emocionar junto comigo a cada conquista minha como se fosse mais que meu médico, um verdadeiro amigo?

Toda vez que passo pela rua do seu consultório fico olhando para aquele lugar de longe que eu ia desde que tinha nove anos e penso que nunca mais irei naquele local. Sexta-feira, certamente irei passar por ali e não vou vê-lo. Nunca mais irei ver o senhor.

Ficará guardado para sempre na minha memória afetiva toda a nossa luta para eu ter melhores condições de vida, nossas risadas, alegrias, tristezas, derrotas, vitórias e toda a nossa história. Ficará também o respeito, carinho, amor, consideração e amizade que sempre terei pelo senhor. E, tudo que o senhor fez por mim, sem medir esforço algum! Mas, principalmente fica um espaço vazio no meu coração que nenhum outro médico preencherá! Saudades, Doutor!

Quando preciso de força

By |2019-04-22T08:56:12-03:00abril 22nd, 2019|Categories: Reflexões|Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , |

Sempre quando preciso de força, encontro nos meus pais, Vania Maria Dotto Alves e Boaventura Pinto, e nas minhas duas irmãs, Carla Pinto e Bruna Pinto.

Quando estou desmotivada, pensando em desistir da minha luta, quando a vida parece sem graça. Eles me mostram que ela é muito melhor que parece ser, me levantam toda vez que caio, ou até mesmo antes de eu tropeçar já estão me aparando!

Com eles eu aprendo a me renovar, a me reinventar, a me reencontrar, a acreditar em mim novamente e em sentimentos, que já estavam completamente desacreditados!

Tudo que sou, a minha persistência, a forma como vejo a vida devo a minha família e alguns poucos e bons amigos!

Em suas palavras encontro a esperança que sempre o melhor ainda está por vir!

Amo vocês mais que tudo!!

Descubra as vantagens de ser você

By |2018-06-21T08:46:06-03:00junho 21st, 2018|Categories: Reflexões|Tags: , , , , , , |

Existiu um ciclo na minha vida, por volta dos meus 14, 15 e 16 anos, em que o pior preconceito que eu sofria era meu. Eu possuía uma vergonha absurda da minha voz. Não falava com pessoas desconhecidas e, por achar que ninguém era obrigado a ouvir a minha voz, não gostava de conversar com meus amigos pelo telefone. Eu tinha muita vergonha da falar sobre minha doença e não conseguia entender o que estava se passando comigo. Obviamente eu tampouco me entendia.

Muitas vezes o preconceito ou o pré-conceito começam por nós mesmos. Porém, precisamos entender que ninguém é perfeito e todos nós possuímos limitações, sejam elas quais forem.

Recordo-me dessa época com pesar do tempo em que perdi tendo vergonha de mim. Contudo, hoje sei administrar melhor o que aconteceu comigo. Falo com todo mundo, quando me perguntam algo sobre o porquê de eu ser assim respondo atenciosamente e aonde quer que eu precise ir, sempre saio muito feliz com a minha cadeira de rodas. Afinal, a vida é para todos nós sermos felizes e curtirmos adoidados (risos).

Coisas boas acontecem, toda hora e a todo momento. Comigo e com você. Precisamos olhar mais para dentro de nós e dos nossos pensamentos. Ter sempre pensamentos bons sobre nós mesmos e as pessoas que conhecemos. Transformá-los em um aliado na vida. Termos sonhos para serem conquistados torna-se ainda mais essencial. Precisamos da luz do dia, das luzes piscando na balada ou da linda luz do luar. Precisamos de ar puro, do vento

Abril Laranja

By |2018-04-12T17:02:13-03:00abril 16th, 2018|Categories: PETS|Tags: , , , , , , , , , , |

Olá, galera!

Hoje minha coluna veste laranja, afinal, estamos no mês de abril, o escolhido pela ASPCA – Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade aos Animais – como “mês de prevenção da crueldade contra animais”.

A logomarca da campanha é um laço no estilo das campanhas humanitárias diversas, cuja coloração é o laranja.

É um tema muito forte e com bastante discussão, pois existem opiniões diversas sobre o que é ser cruel com os animais.

Não estou aqui para falar se é certo ou errado, apenas para lembrar que nossos Pets, nossos animais domésticos, selvagens, exóticos e silvestres precisam de carinho e amor!

Precisamos parar de lamentar em sites, post, vídeos e mensagens, temos que tornar nosso mundo melhor, com mais amor próprio, mais amor com os outros (animais também). Devemos fazer e espalhar o bem, esperar o que há de melhor em nossos irmãos de duas e quatro patas, dos de asas, dos com nadadeiras e aqueles que não vemos. Rsrsrs (Risos)

Já existem leis que coíbam essas atitudes criminosas, não podemos ficar calados ao vermos esse tipo de violência acontecendo diante de nós!!

Nossos pets nos ensinam todos os dias o que é amor, o quão felizes eles olham para gente, seus rabos longos ou “cotós” balançando tão rápido, suas colunas se torcendo, seus latidos e miados de felicidade ao apenas nos vermos ao chegar em casa, ao ouvir o ruído do carro, elevador, interfone e etc.

Até mesmo após colocarmos de castigo quando fazem “bagunça”, eles