Benefícios do convívio entre animais e pessoas com necessidades especiais

Por |2017-09-18T10:59:22-03:00maio 3rd, 2016|Categories: PETS|Tags: , , |

Hoje vamos abordar um tema que vem crescendo muito nos últimos anos, os benefícios do convívio entre animais e pessoas com necessidades especiais.

Há alguns anos a equoterapia e o cão guia são usados para auxiliar na socialização e desenvolvimento da mobilidade, equilíbrio, coordenação motora (fina e grossa) e também para facilitar o aprendizado dos humanos. Recentemente temos visto vemos cães e gatos fazendo parte do tratamento de seres humanos em hospitais e centros de reabilitação.

Os animais “doutores” trazem alegria para seus pacientes, funcionam como fonte de inspiração, superação, coragem e etc. O tato nos pelos dos animais, o calor dos seus corpos, os roçares de cabeça, abanos de cauda, o brilho no olhar deles pedindo atenção e carinho sem ver credo, cor ou deficiência, ajudam na autoestima de seus “pacientes”. Animais portadores de necessidades especiais se adaptam muito fácil e rápido a suas novas necessidades. Ao ver um pet realizar uma terapia conjunta com o ser humano, muitos podem ficar surpresos.

Pois bem, o animal não é médico, ele é apenas um dos recursos que são utilizados para a terapia. O fato do bichinho apertar ali ou aqui e deitar sobre quem está em tratamento ajuda o paciente em suas percepções nervosas, expande a autoestima e fortalece o paciente psicologicamente. Existem também animais treinados para diversos tipos de necessidades especiais, como cães guia para cegos, cães treinados para “prever ataques convulsivos”, entre outros.

Os Pets são cada vez mais utilizados para tratar seres humanos em diversas áreas, inclusive para amenizar a solidão