Quando preciso de força

By |2019-04-22T08:56:12-03:00abril 22nd, 2019|Categories: Reflexões|Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , |

Sempre quando preciso de força, encontro nos meus pais, Vania Maria Dotto Alves e Boaventura Pinto, e nas minhas duas irmãs, Carla Pinto e Bruna Pinto.

Quando estou desmotivada, pensando em desistir da minha luta, quando a vida parece sem graça. Eles me mostram que ela é muito melhor que parece ser, me levantam toda vez que caio, ou até mesmo antes de eu tropeçar já estão me aparando!

Com eles eu aprendo a me renovar, a me reinventar, a me reencontrar, a acreditar em mim novamente e em sentimentos, que já estavam completamente desacreditados!

Tudo que sou, a minha persistência, a forma como vejo a vida devo a minha família e alguns poucos e bons amigos!

Em suas palavras encontro a esperança que sempre o melhor ainda está por vir!

Amo vocês mais que tudo!!

O que te motiva?

By |2018-01-25T13:42:30-03:00janeiro 26th, 2018|Categories: Psicologia, Reflexões|Tags: , , , , , , , , |

O que te faz levantar da cama de manhã? O que te impulsiona a fazer o que faz, ou o que não faz? Qual é a sua motivação? Bem, essas perguntas mobilizaram o mundo científico e organizacional, orientando-os como uma bússola na investigação de estratégias de sobrevivência em um cenário profissional cada vez mais competitivo e em constante mudança. Os cientistas, mais precisamente os psicólogos e as empresas, queriam saber por que as pessoas se comportavam desta ou daquela maneira? Por mais importante que essas questões possam parecer, as respostas não eram aceitáveis. E como a vida precede o trabalho, vamos tentar entender o que de fato é a motivação.

Motivação: vem do verbo latino “movere” que significa mover-se. Ambas indicam um estado de despertar do organismo. Portanto, é algo interno! Na psicologia chamamos intrínseco.

Há tantos conceitos quanto teóricos da motivação tentando estabelecer uma resposta mais adequada e/ou científica para a questão. Aqui, vou tentar ser a mais objetiva, clara e sucinta na análise deste tema e convidar você leitor, a descobrir qual é a sua motivação!

Para Vernon (1973, p.11), “a motivação é encarada como uma espécie de força interna que emerge, regula e sustenta todas as nossas ações mais importantes”.  Contudo, é verdade que motivação é uma experiência interna e subjetiva que não pode ser estudada diretamente. É o impulso que está relacionado à necessidade de fazer algo. No início dos estudos sobre a motivação, o desafio era descobrir aquilo que deveria ser feito para motivar as pessoas; no mundo