Dia das Mães

By |2019-05-07T16:55:02-03:00maio 9th, 2019|Categories: Reflexões|Tags: , , , , |

À minha mãe,

Uma singela homenagem à minha MÃE e todas as mulheres que de alguma forma são mães também. Que esse dia seja lembrado pela importância de uma mãe na vida de seu(s) filho(s).

Fiz uma brincadeira com a junção de algumas letras de música (fica aqui o meu agradecimento aos compositores e cantores) que me afetam, com o intuito de emocionar a todos neste dia simbólico e tão especial, como no dia do nascimento de um filho! Momento único e inesquecível.

“Amor da minha vida, daqui até a eternidade… Nossos destinos foram traçados nos maternidade…”

Mãe, pra você guardei o amor, que eu nunca soube dar, o amor que tive e vi sem me deixar sentir, sem conseguir provar. Mãe, pra você guardei o amor, que sempre quis mostrar, o amor que vive em mim, vem visitar.
Mãe, pode ser que daqui algum tempo, haja tempo pra gente ser mais, muito mais que duas grandes amigas, mãe e filha talvez. Mãe, pode crer eu estou bem, eu vou indo, vou tentando, vivendo e pedindo, com loucura pra você renascer.

Mas é preciso ter força, é preciso ter raça, é preciso ter gana sempre. Quem traz no coração essa marca (de ser mãe), possui a estranha mania de ter fé na vida.

Vai tua vida;
Teu caminho é de paz e amor;
A tua vida;
É uma linda canção de amor…
Ah Mãe! Se todos fossem iguais a você, que maravilha viver.

Sonho meu, sonho meu,
Vá buscar quem mora longe, sonho meu…
Vá mostrar essa saudade, sonho meu…
Sonho meu, sonho meu!

Feliz Dia

Misoginia, sexismo e futebol

By |2018-07-03T11:48:25-03:00julho 3rd, 2018|Categories: Psicologia|Tags: , , , , |

Um fato social ganhou os noticiários nas últimas semanas, envolvendo torcedores brasileiros na Copa da Rússia; esses indivíduos, já devidamente identificados, protagonizaram mais um lastimável episódio de comportamento misógino e sexista que alimenta uma cultura de discriminação, baseada em gênero contra uma mulher russa e loira. Do fato: estes sexistas assediaram a mulher e de forma coercitiva a persuadiram a cantar uma “música” com letra de conotação sexual direcionada à ela e ao seu órgão sexual. Faziam isso protegidos pelo “manto da invisibilidade” idiomática, pois como ficou evidenciado, a mulher não entendia a língua portuguesa; portanto, estava clara a intenção de humilhar, ridicularizar e reforçar o estereótipo da mulher como objeto sexual. E isso, infelizmente é mais comum do que gostaríamos de aceitar e acreditar.

Émile Durkheim (1858-1917), sociólogo francês, em sua obra “As regras do Método Sociológico”, de 1895, criou o conceito “fatos sociais” para classificar os fenômenos que seriam objeto de estudo da sociologia. Para Durkheim, nós agimos a partir de três formas básicas: instinto, costumes e racionalidade. Isto é, há coisas que fazemos que são inerentes à espécie humana, como: comer, beber, dormir, andar, etc., que seriam segundo sua teoria os instintos; ações e não fatos sociais. A racionalidade como forma básica, é uma atitude pensada, planejada, mas seu sentido ou objetivo é desconhecido por outros indivíduos, em outras palavras, esse pensamento não foi externalizado, portanto, é algo subjetivo do sujeito; logo, isso também não seria um “fato social”. Restou-nos analisar os costumes, que dão uma dica de

A mãe de todas as culpas

By |2018-07-31T17:23:09-03:00maio 12th, 2018|Categories: Reflexões|Tags: , , , , , , , , , , , , |

O texto de hoje é sobre ser mãe, este tema é o mais conhecido por todos nós, que somos filhos de uma ou várias mães e uma boa parte de nós, somos as mães do planeta Terra.

Quando as mães se deparam com as dificuldades no desenvolvimento dos filhos, permeiam sentimentos penosos, tais como, o de não ter obtido êxito e competência no desempenho do papel materno e das frustrações decorrentes do que o filho não poderá realizar. A culpa nasce antes do filho, e para entendê-la é importante conhecer o contexto social e cultural na qual mulher está inserida.

Com o nascimento do filho, nasce uma mãe, que gera impacto na vida da mulher nos aspectos emocional, financeiro, cotidiano e psíquico

O papel da maternidade no passado foi construído como o ideal máximo da mulher, caminho da plenitude e realização da feminilidade, associado a um sentido de renúncia e sacrifícios prazerosos. Por outro lado, atualmente, a mulher passa a ser vista como um indivíduo e não meramente como “mulher-natureza”, ela ingressou no mercado de trabalho e agora é dela a escolha da reprodução com os métodos contraceptivos.

Porém, as expectativas sociais não mudaram, a mãe deve ser perfeita e compreensiva, dando aos filhos um amor incondicional. Assim, só temos uma forma de ser mãe, um estilo de maternidade exclusiva, aprisionada, constituído no seio da família moderna.

Segue exemplos de como a mídia determina o papel, a responsabilidade das mães na criação seus filhos e que quando o filho não responde à altura do que

Outubro Rosa PET

By |2017-10-26T10:21:05-02:00outubro 26th, 2017|Categories: PETS|Tags: , , , |

Olá, galera do blog! Estamos no mês de outubro, mês que lembramos das campanhas de prevenção ao câncer de mama. Mas o texto de hoje é para mostrar que os nossos pets também sofrem com essa enfermidade. A doença afeta cerca de 50% dos animais de sexo feminino e, por se tratar de um assunto pouco falado, nos ressalta a necessidade de conscientizar os donos sobre a importância dos exames periódicos e do diagnóstico precoce da doença, que, assim como nos humanos, pode aumentar em até 90% as chances de cura.

Procure um Médico Veterinário para lhe orientar sobre o diagnóstico precoce e como podemos evitar ou diminuir o aparecimento dessa doença. Castrando as fêmeas antes do primeiro cio, por exemplo, diminuímos as chances do aparecimento do câncer de mama. Já as chances desenvolvimento da doença sobe de 0,5% para 26% em animais castrados somente depois do segundo cio.

O tratamento é sempre cirúrgico, onde é feita a retirada, parcial ou total, da mama afetada. Em seguida, um exame histopatológico do nódulo removido é realizado para definir se o pet vai precisar ou não de quimioterapia.

Médicos veterinários já apontam a incidência de nódulos malignos nas mamas de cadelas em 50% das pacientes atendidas, já nas gatas o número sobe para 80%. Nestes casos, é recomendado a retirada de todos os nódulos de mama para avaliação histopatológica e diagnóstico tumoral.

O tão temido tratamento de quimioterapia, com seus efeitos colaterais, deve ser realizado sem medo. Muitas vezes os Pets não desenvolvem efeitos colaterais como