Proteção solar no inverno, cuidado o ano inteiro

By |2019-08-28T14:13:17-03:00agosto 28th, 2019|Categories: Beleza e Estética|Tags: , , , , , , , , , |

Você sabia que não devemos dispensar a proteção solar no inverno?

Uma das dicas que já demos aqui no blog sobre cuidados com a pele no inverno é de manter o uso de filtro solar mesmo nos dias mais frios. Mas por quê?

 

Nos dias mais frios o sol ainda é prejudicial à pele se você não se proteger adequadamente. Mesmo escondido, ele continua no céu e seus raios UVA e UVB têm grande incidência. Portanto, é indispensável usar protetor solar em dias nublados e até chuvosos.

 

Quais os efeitos da radiação solar na pele?

A radiação solar é responsável por muitos sinais na pele como flacidez, envelhecimento precoce e manchas, além de piorar os melasmas.  Há também problemas graves que os raios UV podem causar, como queimaduras, lesões e câncer da pele. Portanto, não esqueça de proteger não só o rosto, como o corpo e locais específicos e de contato constante com o sol, como mãos, colo e braços.

 

Como deve ser usado o protetor solar?

Usar o protetor solar todos os dias é fundamental, pois previne todos esses sinais de aparecerem ou lesões causadas pelo sol. Ele cria uma barreira, evitando que os raios UVA e UVB penetrem na pele e provoquem esse tipo de reação.

É importante passar o protetor solar sempre e retocá-lo de 3 em 3 horas, de acordo com as diretrizes de fotoproteção da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

 

Mas não seria suficiente usar filtro solar apenas no Verão?

Não! Pois os raios UV possuem efeito cumulativo na pele, aumentando o fotoenvelhecimento e

Fitofotodermatose

By |2019-03-14T10:51:36-03:00março 14th, 2019|Categories: Beleza e Estética|Tags: , , , , , , , , , , , , |

A fitofotodermatose, mais conhecida como queimadura pelo limão, é manifestada por contato com agentes produzidos por plantas, principalmente frutas cítricas, que aliada à exposição solar, promovem um processo inflamatório e até queimaduras na pele.

Os agentes responsáveis contêm furocumarinas (psoralênicos) que podem estar presentes em alimentos, perfumes, aromatizantes e cosméticos. As furocumarinas nos alimentos são encontradas nas frutas cítricas (limão, tangerina, lima), cenoura, figo, salsinha, arnica, hibisco, arruda, canela.

O quadro surge, geralmente, nas primeiras 24 horas após o contato, inicialmente como manchas avermelhadas, podendo, inclusive, formar bolhas, evoluindo para manchas escuras.

Então, cuide-se! Evite beber ou fazer limonada ou suco verde ao se expor ao sol. Caso apresente o contato, lave bem as mãos e a boca antes de tomar sol. A prevenção é o melhor remédio! E procure sempre um dermatologista caso as lesões ja tenham ocorrido, a fim de evitar manchas indesejadas, que em muitos casos podem ser de longa duração!

Melasma

By |2019-03-14T10:51:25-03:00outubro 29th, 2018|Categories: Beleza e Estética|Tags: , , , , , , , , , , , , , , |

De cara limpa, famosas assumem o MELASMA em suas redes sociais. Ivete Sangalo, Cleo Pires e Fernanda Souza divulgam a luta diária contra essa doença da pele tão temida pelas mulheres.

Mas afinal, o que é o MELASMA?

Melasma é uma condição que se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras na pele, geralmente na face. Apesar de ser mais comum em mulheres, pode ser visto em homens também.

Não há uma causa definida para o melasma, está relacionada, principalmente, à exposição à luz ultravioleta e, até mesmo, à luz visível. Fatores hormonais e predisposição genética também influenciam no surgimento das manchas. Além disso, fatores hormonais como uso de anticoncepcionais e gestação podem favorecer as manchas.

Como exposto pela cantora Ivete Sangalo, a alteração hormonal na gravidez potencializa a produção de pigmentos na pele. A piora das lesões que pode se tornar mais evidentes quando há exposição solar durante a gravidez. Apesar disso, após o parto ou a suspensão do anticoncepcional, as manchas podem persistir.

A luz visível, como as de lâmpadas, computadores e luzes artificiais pode contribuir para a piora das manchas da pele. Por isso o uso de filtro solar, mesmo em lugares fechados, é recomendado!

Não existe a cura para o melasma, ou seja, desconfie de qualquer tratamento “milagroso”!

Mas isso não significa que não haja tratamento. O mesmo irá depender de cada caso individualmente por haver algumas formas de apresentação das manchas, assim como profundidade do pigmento na pele.

Existem vários produtos com ação clareadora, como hidroquinona, ácido kójico, ácido tranexâmico, tretinoína entre outros. Além